Arquivo mensal: outubro 2010

A dependência

Caro leitor, eu não sei como é o seu rosto. Eu desconheço seu nome. Não faço ideia da sua idade ou de onde você viva. Também não sei se você é novo por aqui ou um assíduo leitor dos textos que escrevo. No entanto, eu tenho certeza que você é um dos seres mais dependentes do mundo. Dependente assim como eu, seu vizinho, um vendedor, um presidente de alguma empresa, um cachorro e todos os outros que já nasceram e nascerão por esse planeta ironicamente chamado de Terra. Continuar lendo

Anúncios
Etiquetado , , , ,

Felicidade

Há muito tempo perguntaram-me pela primeira vez o que era ser feliz. Me mantive quieto e pensativo por alguns segundos e então disse que ser feliz na verdade é estar feliz, pois não há pessoas felizes, assim como não há pessoas tristes; elas apenas estão felizes ou tristes. Então manterei uma discussão a respeito do que nos deixa feliz; pois saber se a pessoa foi feliz ou triste apenas por meio de uma somatória de todas as situações que ela passou é algo que cada um faz para si com base em suas memórias. Continuar lendo

Etiquetado , , , , , , , , , ,

Refém da Sociedade

Talvez fosse mais fácil eu escrever para alguém que eu ainda não tenha conhecido, ou que eu nunca venha a conhecer, mas creio que seja interessante escrever para a pessoa que eu melhor conheço: Eu. A ideia se iniciou quando eu ouvia Paulão foi pro bar, das Velhas Virgens (confira aqui), e acabei caindo em meio a um dos meus rotineiros estados letárgicos – ou semi letárgicos. A música, por coincidência, tem muito a ver comigo, meu modo de viver e de pensar (inclusive o nome do personagem é o mesmo que o meu). Mas, apesar do nome da música, a história não tem a ver com boemia ou algo semelhante, pelo contrário, é a revolta do personagem para com o mundo a seu redor, que encontra no bar uma forma de fugir de toda essa barbárie. Continuar lendo

Etiquetado , , , , , , , , , ,

Nossa casa

Entre tantas idas e vindas, tantos lugares que passamos o dia, tantos locais aonde nos sentimos melhor… O que é nossa casa? Que qualidades determinam aquilo que chamamos de casa ? Aonde é a nossa verdadeira casa, aquilo que podemos chamar de lar sem medo de ser feliz ? Continuar lendo

Etiquetado , , , , ,
%d blogueiros gostam disto: