Censura e hipocrisia

Todos aqueles que pensam um pouco sobre o mundo têm consciência que a sociedade (global) em que vivemos é hipócrita e totalmente manipuladora. Incluo-me nesse grupo, obviamente, afinal é difícil achar alguém tão revoltado com o mundo quanto eu, mesmo que eu tente ocultar toda essa revolta para evitar julgamentos imbecis. Para escrever mais uma vez sobre revolta, basear-me-ei na música Todo Mundo Loko, das Velhas Virgens (curta aqui), que cada dia que passa tem mais a ver comigo, ainda mais quando se trata de reclamações com tamanha manipulação.

Como a música já diz, todo mundo é louco nesse mundo; pelas minhas reflexões, realmente todos são loucos, cada um da sua forma: ou louco por se deixar alienar ou louco por conhecer/querer conhecer o mundo. Certamente esse assunto renderia um grande texto, mas não é a esse ponto que quero escrever, e sim sobre aqueles que julgam quem é louco e quem não é no sentido real da palavra; sentido de insano, sociopata, maluco, ou qualquer outro vocábulo que você preferir. Vou usar “insano” para me referir aos loucos que tem suas loucuras causadas por algum distúrbio ou doença mental, enquanto “louco” eu usarei para os pensadores em suas diversas formas.

Toda a hipocrisia criticada pela música e por mim é culpa do sistema capitalista em que vivemos. Não sou comunista, socialista ou qualquer palavra que possa descrever esse esquerdismo imbecil pregado pelos partidos políticos e por esses intelectuais de esquerda. Sou do tipo que defende o capitalismo, mas não da forma que ele está sendo empregado. Sou capitalista quando se refere a haver competitividade entre as pessoas para que haja o desenvolvimento. Soa utópico pois acho que de forma ou de outra acabaríamos caindo nessa situação de hoje, nesse Capitalismo Selvagem bem criticado pelos Titãs na música Homem Primata (curta aqui). Sim, sou pessimista quanto ao futuro da humanidade, no entanto, por meio de uma intelectualização universal eu creio que o mundo possa melhorar a curto prazo; pois a longo prazo as pessoas estariam tão inteligentes e egoístas que o mundo entraria em colapso com tanta disputa, no entanto, caso haja uma grande reforma nos costumes das pessoas – o que já acho impossível que aconteça, ao menos que o planeta volte ao zero e faça tudo diferente – é capaz que o mundo dê certo e as pessoas ajam como pregam as publicidades de Natal e Ano Novo. Esse tema daria facilmente outro texto, mas só para não me prolongar muito nesse parágrafo, para mim o perfeito seria a busca pelo desenvolvimento, como vem ocorrendo, mas com uma melhor distribuição do conhecimento e da renda, mas ainda havendo concentração de renda para que não acabem o que ainda resta dos recursos da Terra.

Voltando ao tema principal do texto: hipocrisia, todos no mundo têm podres. Tanto o presidente de alguma grande empresa quanto algum líder religioso mundo afora. O fato, e problema, é que quem conta a história são os vencedores, então quem tem poder faz o mundo como bem entende (só pensar no fim das milhares de guerras que já tivemos na História), assim se define quem é louco e quem é insano. Como é dito na música: “fazer greve é ruim, morrer de fome é legal … palavrão dos outros pode, palavrão das Velhas não. Não é o que é dito que importa, só o nome do cidadão.”.

Uma vez que você tem o controle você diz qual a verdade, é o que eu definiria por “legitimar”, ou seja, tornar legítimo. A diferença entre o médico e o paciente é que o médico tem a chave do portão e o outro não. Isso se aplica até quando Paulão Carvalho se refere a “bebida pode, fumaça não”. Não foi recente que tiraram as publicidades de cigarro do ar e deixaram as de cerveja, mesmo que ambos os produtos sejam ruins à saúde humana. A justificativa dessa hipocrisia é o lucro. Um maço de cigarro está R$5,00, mesmo preço de uma garrafa de cerveja (preço das marcas mais consumidas pelas pessoas que conheço), só que o quanto você se mata com um maço de cigarro é muito superior a uma garrafa de cerveja. Uma garrafa de cerveja você pode tomar sozinho em 30 minutos, já um maço de cigarros se você fumar em 30 minutos é bom ir se tratar, porque seu pulmão deve estar tão pior quanto Línfen, na China. Assim, o consumo e busca por saciar a falta de cerveja é feita quase que imediatamente se comparados ao cigarro. Outro ponto para a cerveja é o número de pessoas que consome, quem não bebe, geralmente não fuma, enquanto quem fuma geralmente bebe. Sem contar que uma cervejinha numa festa de família é muito mais bem-vinda que um cigarro, por mais que a família condene tanto o ato de beber quanto o ato de fumar. Citaria mais uns três motivos para terem preferido continuar com a publicidade de bebida alcoólica. Resumindo, o lucro é bem maior quando se refere ao álcool se comparado ao cigarro.

Além da hipocrisia cigarro/bebida há também a hipocrisia das leis, que é apenas o modo legal do “quem tem poder escreve a História”, desde que você não fira a Constituição ou a opinião de alguém você pode ser louco a vontade, mas a partir do momento que você fere o bom senso (pessoal ou societal), você se torna um insano e tem de ser repreendido, sei bem como é isso pois já fui deveras repreendido. É a liberdade pregada pelas democracias, todo mundo pode se expressar desde que não fale demais e não posso prejudicar ninguém, acontece com os casos de corrupção no Brasil (caso do Estadão que sofre censura desde 31 de julho de 2009) ou internacionalmente tratando-se da perseguição ao fundador da Wikileaks (devido à publicação de documentos sobre os Estados Unidos e outros países em 28 de novembro de 2010).

Analisando isso, percebo que não sirvo para esse mundo e esse mundo não serve para mim, não sou de ficar quieto nem de receber ordens, sou aquele louco que prenderiam achando que sou insano, afinal eu sou, confesso que sou, uma ameaça à sociedade, desde que com planejamento, eu não hesitaria em participar de um protesto ou revolução em prol da liberdade. Seguindo as palavras de Voltaire: “Posso não concordar com uma só palavra sua, mas defenderei até a morte o seu direito de dizê-la.”. (Obs.: Em certos casos eu me manteria contra a liberdade de expressão.)

Querendo ou não, a todo tempo temos que vestir máscaras na vida. A vida é uma peça de teatro que somos obrigados a viver durante tempo indeterminado sem nem ao menos conhecer os personagens, a plateia e a história; há de ser cauteloso e ao também corajoso para estar pronto para tudo. Tem de atuar como se não fosse a primeira nem a última peça. Tomar cuidado com figurino, falas, um diretor, que sequer sabe-se que existe e infinitos críticos, e, mesmo assim, aproveitar ao máximo antes que a peça subitamente acabe.

E para se sair bem nessa peça, apenas usando máscaras, parecendo o menos louco possível por mais insano que possa ser.

É, caro leitor, você, assim como eu, não deve ser privilegiado a ponto de estar acima dos julgamentos mundanos, então tome cuidado com o que você diz e pensa, pois a censura só está escondida debaixo do tapete, como aquela sujeira que todo mundo acha que está limpa mas não está.

PS.: Caso você seja assinante NET Virtua, tente acessar o site www.midiaindependente.org, certamente não conseguirá abrir, no entanto ele funcionará caso você acesse o http://prod.midiaindependente.org/. Agora, se você não for assinante NET Virtua, pode acessar por qualquer um dos links.

PS2.: Sugiro que os interessados no tema pesquisem mais sobre os casos de corrupção no Brasil, a censura imposta pelos Estados Unidos, pelas religiões e pelas ditaduras do século XX, assim como as medidas que a indústria da música e do cinema tem tomado quanto ao compartilhamento gratuito de arquivos pela internet.

Paulo Henrique Dragoni

Anúncios
Etiquetado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

3 pensamentos sobre “Censura e hipocrisia

  1. Alan José de Santana disse:

    É PH, vulgo Martinho, nós pensamos de modo diferente, mas chegamos á mesma conclusão, nações que pregam a democracia e os valores do ocidente censuram e atacam quem fala a verdade, um governo cheio de pessoas que sobreviveram a uma ditadura censuram um jornal que publicou algo que contraria um senhor da roubalheira que as mesmas apessoas que estão no governo hoje, combatiam antes, outros senhores da roubalheira queimaram livros e obras de arte, pois lhe era conveniente em nome de um “Deus”, a hipocrisia é a pior doença existente, pois nunca será erradicada e não tem cura.

  2. PH Dragoni disse:

    Isso não é mérito da sociedade ocidental, afinal a China, a Coreia do Norte, o Irã, a União Soviética, o Brasil e muitos outros países pregam e pregavam a censura e a hipocrisia, só me concentrei no ocidente porque é a cultura que eu vivo.

    É o que eu penso: você só critica o Sistema se não é beneficiado por ele. Além do mais, quem está no poder só quer ter mais poder e se manter no poder o maior tempo possível, independente da visão política, econômica ou social dessa pessoa.

  3. Gustavo Freitas disse:

    Parabéns PH, belo texto, apesar de eu não concordar com tudo.

    Adoro quando pessoas utilizam de músicas para argumentar e defender um ponto de vista. Isso só mostra que a música que fazemos neste país ainda é muito boa e tem de ser valorizada.

    O capitalismo é o mal mais benéfico a sociedade e com o passar do tempo, não acredito mais que ele possa mudar de forma, exatamente porque a hipocrisia jamais acabará, afinal, um sempre julgará o outro de louco e vice-versa.

    “Louco é aquele que não acredita ser louco, ou evita a sua loucura”.

    Parabéns.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: